Primeiramente, a Originalidade

Sabe aquela sua ideia maluca, que você já contou para seus parentes e amigos, pra namorada, mas nunca parou para colocar – e fazer sair do papel? Ou mesmo aquele sonho secreto de poder fazer a diferença no mundo – mas por achar muito arriscado ou mesmo impossível, guarda apenas para você?

Segura ela aí enquanto conto uma história.

A história de um jovem que também teve uma ideia assim, meio doida, meio inusitada. Uma ideia que nasceu de sua mente criativa, observadora, mas também de seu descontentamento com os conceitos de consumo, os padrões do que é considerado “belo”.

Dono de uma modesta fábrica de calçados, um belo dia, após visitar seu país de origem, surgiu a ideia: por que não produzir em escala industrial calçados feitos de pneu reciclado? Se eram bons e resistentes o suficiente para soldados vietnamitas em plena guerra, porque não seriam bons para o restante do mundo?

E assim nasceu o protótipo da primeira Sandália de Pneu fabricada em solo brasileiro. Na primeira apresentação para a própria equipe, críticas não faltaram: Muito feia, muito rústica, muito pesada, fora do padrão que o povo brasileiro está acostumado a usar. Ninguém acreditava que seria viável como produto, muito menos convencer homens e mulheres a trocarem seus calçados da moda por esse calçado simples e funcional.

Mas o que fez a diferença foi que Thái – sim, estamos falando de Thái Quang Nghiã, o jovem refugiado vietnamita resgatado em alto mar e que construiu sua vida no Brasil – acreditou e lutou por sua ideia.

IMG_9061Hoje a Goóc já reciclou 300.000 pneus e exportou o conceito da Sandália de Pneu reciclado para mais de 21 países. As sandálias de Pneu REUTILIZAM o legado de uma cultura conhecida pela superação e pensamento independente, REDUZEM o consumo de matérias primas que seriam usadas na fabricação de calçados comuns, e finalmente RECICLAM milhares de pneus que seriam descartados na natureza.

Por isso, antes de se conformar com os padrões de beleza, consumo e trabalho impostos pela sociedade, ouse arriscar e pensar fora da caixinha, na contramão da multidão.

Mas não fique só no mundo dos sonhos – se você realmente acredita na sua ideia, lute por ela – essa é a atitude que separa os sonhadores dos realizadores.

O mundo não precisa de mais burocratas em escritórios, o que ele precisa é de pessoas comuns que tenham a coragem de arregaçar as mangas e fazer a diferença – e levar outras pessoas a fazerem também.

Por isso, acredite: sabe aquela sua ideia maluca de fazer alguma coisa, por menor que seja, de maneira diferente? Ela pode mudar o mundo!

Vem contar pra gente e faça parte desta CAUSA!

www.facebook.com/goocoficial

 

Author: Gooc Eco Sandal

Share This Post On

1 Comment

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *